DIARIO ON LINE

TERçA, 16 DE JANEIRO DE 2018 | |

Princesa Isabel, PB

Jornal do Estado (JE) no FacebookJornal do Estado (JE) no TwitterJornal do Estado (JE) no Google PlusFale conosco
Publicado em 26/10/2017 às 11:53:51

Sem articulação, Marcelo Gomes perde espaço político e afeta gestão

2238_marcelog omes.jpg

JE Itumbiara

Sem um articulador político e com o cargo de presidente  da  Câmara passando quase despercebido pela população, o vereador Marcelo Gomes (PTB) dificilmente emplacará  uma candidatura de deputado estadual em 2018.

Primeiro por conta da chamada janela partidária para mudança de partido em 2018, ainda fechada. E segundo, a falta do articulador político  em seu staff e de outros fatores, como a inércia de liderança do presidente que o coloca em situação apática na efervescência da política local.  

Como presidente do Legislativo itumbiarense, Marcelo Gomes tentou inovar; criou programas com apelo popular patenteados pela Casa, como: Câmara Itinerante e Soluções Cidadãs, nenhum desses programas alcançaram  notabilidade popular. Talvez por falta de uma divulgação mais agressiva resultado da própria condição política que se caracteriza o presidente.

O Projeto "Câmara Itinerante" tem seu perfil totalmente desvirtuado. Não há nenhum debate com os moradores dos bairros referentes a projetos que passam pelo  crivo do Parlamento Municipal. O programa contempla na verdade ações da prefeitura em diversas áreas.

Outra questão que puxa a gestão do presidente para baixo é ausência de atendimento à populares em seus dois gabinetes disponíveis na Câmara. O presidencial mais parece uma recepção  de empresa de funerária  à espera de um cidadão: cafezinho, água  e ar condicionado ligado devido a porta de blindex , na entrada principal.

Se não há fluxo de povo, também, não há atendimento ao povo, óbvio.

Toda essa fragilidade no âmbito gerencial da gestão acarreta o enfraquecimento  do político  Marcelo, que perde  oportunidade única de provar, que  poderia ser  um líder político inconteste.

Na eleição passada, o ex-prefeito Zé Gomes teve que se desdobrar de forma especial a favor de Marcelo, para que este garantisse, nas urnas, uma votação mais expressiva. O saudoso Zé, já enxergava a anemia política do primo e mobilizou setores importantes do governo Chico Balla, em prol da reeleição do vereador. 

OBRIGADO PELA SUA AUDIENCIA

Deixe seu comentário