DIARIO ON LINE

QUINTA, 23 DE NOVEMBRO DE 2017 | |

Princesa Isabel, PB

Jornal do Estado (JE) no FacebookJornal do Estado (JE) no TwitterJornal do Estado (JE) no Google PlusFale conosco
Publicado em 10/08/2017 às 13:17:47

Comissão aprova "distritão" para eleições de 2018 e 2020

Modelo favorece deputados mais conhecidos do eleitor

2112_Reform-politica-fabio-pozzebom-ABr.jpg

Informação relacionada

A comissão especial da reforma política aprovou, nessa quarta-feira (9), alteração na forma de eleger deputados e vereadores. Em vez da eleição proporcional, pelo qual as cadeiras são distribuídas conforme a votação de partidos e coligações, entra o sistema de voto majoritário, pelo qual se elegem os mais votados, o chamado distritão. Nesse caso, são eleitos para o Legislativo aqueles que obtiverem o maior número de votos até o preenchimento das vagas em disputa. Parlamentares contrários à mudança argumentam que a mudança favorece a reeleição dos deputados mais conhecidos do eleitor

[x]

O destaque foi aprovado por 17 votos a 15, mais duas abstenções, com o apoio do PSDB, do DEM, do PP e do PSD. A ideia inicial é que essa alteração seja válida como transição para o chamado voto distrital misto, na eleição de 2022, pelo qual o eleitor vota duas vezes: no candidato de seu distrito (a ser definido) e no partido, responsável por elaborar uma lista preordenada de candidatos.

OBRIGADO PELA SUA AUDIENCIA

Deixe seu comentário